1. Cronograma

  • Leitura dos textos do Módulo
a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a

2. Introdução

Os textos que não estiverem disponibilizados podem ser buscados na internet. Sugerimos o site b-ok.cc.

3. Leituras

3.1 Leitura Obrigatória

1: Epstein, Lander e Posner.  The Behavior of Federal Judges. Capítulo 1. A Realistic Theory of Judicial Behavior

3.2 Leitura Sugerida

1: Epstein, Lander e Posner.  The Behavior of Federal Judges. General Introduction.

2: Costa, Alexandre A.; Costa, Henrique A. (2018). Evolução do perfil dos demandantes no controle concentrado de constitucionalidade realizado pelo STF por meio de ADIs e ADPFs. Revista de Ciências Sociais (UFC). , v.49,  2018.

3.3 Leitura complementar

Conrado Hübner Mendes. Onze Ilhas.

Mariano Silva, Jefferson . Mapeando o Supremo: as posições dos ministros do STF na jurisdição constitucional (2012-2017). Novos Estudos. CEBRAP , v. 37, p. 35-54, 2018.

Fontainha, Fernando de Castro; Jorge, Thiago Filippo Silva; Sato, Leonardo Seiichi Sasada (2018). Os três poderes da elite jurídica: a trajetória político-partidária dos ministros do STF (1988-2013). Revista de Ciências Sociais (UFC). , v.49, 2018.

Llanos, Mariana; Lemos, Leany (2013). Presidential Preferences? The Supreme Federal Triubunal nominations in Democratic Brazil. Latin American Politics and Society.

Araújo, Mateus Morais (2017). Comportamento Estratégico no Supremo Tribunal Federal. Tese de Doutorado em Ciência Política. UFMG, Belo Horizonte.

Oliveira, Fabiana Luci (2012). Processo decisório no Supremo Tribunal Federal: coalizões e ‘panelinhas’. Revista de Sociologia Política, v.20, n.44, pp.139-153, 2012a.

Oliveira, Fabiana Luci (2017). Quando a corte se divide: coalizões majoritárias mínimas no Supremo Tribunal Federal. Direito & Práxis, v.8, n.3, pp.1863–1908, 2017.